xícara de chá com flores

Chá: tradição milenar que promove relaxamento

Mais do que uma bebida saudável, o chá é parte da rotina da população de diferentes países e se tornou até protagonista de rituais de relaxamento no Japão e na China

O chá é uma bebida milenar consumida ao redor do globo terrestre. Ela só perde para a água em termos de consumo. A aceitação do chá é tamanha que em alguns países da Ásia, por exemplo, existe até o tradicional ritual do chá que promove relaxamento.


Querendo saber mais sobre a importância dessa bebida para lá de especial em países como Inglaterra e Reino Unido, Índia, Japão e China? Confira o nosso artigo até o final.


Tradição do Chá na Inglaterra e no Reino Unido

O consumo do chá passou a fazer parte dos costumes do Reino Unido nos anos de 1660. A tradição teve início com a rainha Catarina Henriqueta de Bragança, filha de Dom João IV e esposa do rei Charles II. Ela trouxe a bebida para a Inglaterra e o hábito passou a integrar os costumes da aristocracia já no século XVII.


Tamanha é a importância que, em 1706, foi fundada a marca de chá Twinings, que é famosa em todo o mundo. Contudo, o ato de tomar chá passou a ser uma tradição somente no século XIX, mais precisamente em 1840, com a Duquesa de Bedford. Na época, o jantar era servido apenas às 20h. Então, como a nobre sentia fome, ela pedia uma xícara de chá sempre às 17h acompanhada de pães e bolos.


A iniciativa ficou tão famosa que diferentes pessoas começaram a ser convidadas para participar e muitos outros deram continuidade a ideia e isso fez com que o ato de tomar chá à tarde passasse a ser encarado como uma tradição britânica.


Vale lembrar que o Chá das Cinco foi muito além de um hábito cotidiano no Reino Unido pasando a ser algo tão importante que as mulheres da alta sociedade se vestiam de maneira formal para participar do ritual diário e isso incluía inclusive fazer o uso de chapéu e luvas. A bebida era servida nos castelos e/ou palácios tradicionais da Grã-Bretanha.


O que é servido no Chá das Cinco na Inglaterra

Como o chá é o protagonista da refeição que se tornou um hábito na Inglaterra e todo Reino Unido, os acompanhamentos  da refeição são em miniatura como: 


Doces 

  • Macarons

  • Petit-fours

  • Biscoitos

  • Fatias de bolos 

  • Compostas

  • Scones

Salgados

  • Canapés

  • Torta salgada Madalena

  • Sanduíches

  • Manteiga

Tradição do Chá na Índia

Anualmente os indianos tomam mais de 830 toneladas de chá sendo o consumo extremamente popular no país da Ásia. A prática de tomar a bebida milenar surgiu em 1850, mas ganhou notoriedade e popularidade somente depois da metade do século XIX quando os ingleses dominavam a região e  consequentemente eram responsáveis pela produção de chá indiana. 



 

Além do grande consumo por parte da população, a Índia é também o segundo maior produtor mundial de chá (perdendo a liderança apenas para a China). Assam e Darjeeling são duas regiões indianas famosas por produzir o chá. Além delas, a produção ainda acontece em Bangalore, Munnar, Sikkim, Nilgiri e Kangra.

 

Cada uma dessas localidades conta com um chá típico que possui diferentes características, mas sem deixar de lado o sabor e o refinamento, que são peculiares na bebida. 


Como é o Chá na Índia?

Na Índia, o chá é tradicionalmente consumido com leite, açúcar e especiarias e essa preparação típica indiana também é conhecida como chai.  Era comum preparar a bebida juntamente com leite de búfala, pois a mistura fazia com que ficasse cremosa e ao mesmo tempo mais robusta. 


No entanto, o diferencial do chá indiano está na presença de especiarias aromáticas que são as responsáveis por dar um gosto típico e ao mesmo tempo especial. Todas as bebidas indianas, incluindo o chai, tinham como foco inicial o lado medicinal por trazerem benefícios para o sistema digestivo, sendo antioxidante, energético e rico em vitaminas


Chai e suas especiarias 

Um autêntico chá indiano (chai) é consumido com leite, açúcar e especiarias como: 


  • Canela

  • Gengibre

  • Cúrcuma ou Açafrão da Terra

  • Pimenta-preta

  • Cardamomo

  • Anis-estrelado


Tradição do Chá no Japão

Tomar chá também é uma tradição no Japão. Tamanha é a importância que os japoneses encaram o hábito como uma terapia que melhora a saúde de modo holístico (como um todo)  equilibrando  pensamento, sentimento, emoções e espiritualidade. 


Portanto a tradição do chá no país visa fazer com que as pessoas restaurem o seu equilíbrio emocional e mental fazendo com que elas sejam capazes de encontrar o centro novamente. 


Origem do chá no Japão

A história conta que o chá chegou ao Japão somente no ano de 729 quando alguns monges budistas foram estudar na China. No retorno para casa, eles trouxeram o chá de presente para o fundador da escola Tendai, o monge Saichõ. A partir disso, a bebida chinesa começou a ser consumido também na Terra do Sol Nascente. 


Engana-se quem pensa que o líquido ficou popular no Japão do dia para a noite. O chá demorou para se popularizar no país porque era uma bebida vinda da China e isso  criou resistência por parte dos japoneses na época. Devido a isso, o chá era visto apenas como  medicamento e só poucas pessoas tinham acesso


Contudo, no século XII, um monge tornou a bebida popular nos mosteiros porque tinha o poder de manter os religiosos acordados durante as horas em que faziam meditação sentados. 


Conforme o tempo passou no Japão, o chá passou a ser popular assim como o café é na rotina  dos brasileiros. Para os moradores da Terra do Sol Nascente, o chá significa hospitalidade e cortesia, e por isso é comum os visitantes sempre serem recebidos com uma taça e o bom visitante nunca recusa. 


Tradição do Chá na China e sua origem

O chá foi criado na China de forma acidental. A história conta que o imperador Shen-Nung descobriu sem querer a bebida em um dia que estava fervendo água perto de uma árvore silvestre que estava balançando. 


Devido ao vento, as folhas caíram na água que estava sendo fervida e sem perceber, o governante bebeu a água. Ele ficou satisfeito e uma sensação de bem-estar tomou conta. Assim, o chá nasceu na China. 


No ano de 2737 a.C., o mesmo imperador deu força para que a agricultura chinesa se desenvolvesse tendo a produção de chá como destaque. No entanto, durante o período, o chá era visto apenas como bebida medicinal


Conforme o tempo passou, o líquido passou a ser a bebida mais popular entre os chineses, mas isso só aconteceu entre 618 a 907 d.C, durante a dinastia Tang, quando passou a fazer parte do cotidiano dos chineses


Atualmente, o chá na China é a segunda bebida mais ingerida no país, perdendo apenas para a água. Em Hong Kong, há casas de chá espalhadas por diferentes pontos. Os turistas que estiverem em Pequim, por exemplo, podem conhecer as casas de chá mais antigas e, ainda, tomar o autêntico chá chinês, o que vai possibilitar uma verdadeira imersão na cultura local. 


Ritual do Chá: tradição e relaxamento

Diferentemente do que muitos pensam, o ato de tomar chá não se resume apenas ao prazer de degustar a bebida saudávekl, mas sim a promoção do autocuidado que a ingestão do líquido tem. 


O ato de tomar chá tem o poder de envolver a nutrição e, ainda, aspectos sociais e culturais, pois a mistura de sabores e de aromas faz com que a pessoa participe de um processo de relaxamento


Sem contar que o chá traz inúmeros benefícios para o corpo, mente e espírito pois aliada à bebida, a pessoa tem acesso a momentos de prazer, tranquilidade e satisfação. Isso é possível, porque ela passa a se concentrar de forma exclusiva, entendendo, deixando tudo o que não importa naquele momento para depois. 


Ritual do Chá Japonês

A importância do chá é tamanha na cultura japonesa que há um ritual todo voltado a ele. A cerimônia tem uma relevância histórica no país, porque por meio dela foi possível firmar a união entre generais, a paz ser promovida e, ainda, fazer com que a identidade nacional ganhasse ainda mais força. 


O ritual do chá japonês pode ser chamado de Chanoyu ou de Sado e consiste em colocar todos ao redor do matcha, que é um tipo de chá em pó verde. A prática teve início ainda no século XVI, como um momento em que as pessoas tinham como foco degustar a bebida. 


Há cerimônias até que as refeições são disponibilizadas, porque ela pode durar até 4 horas com chá mais forte no início e umas bebidas com sabor mais leve no fim. O ritual ainda é marcado pela presença de roupas diferenciadas, flores, etiquetas e incensos. Fato é que o ritual do chá faz parte da cultura e dos valores dos japoneses e que vem sendo preservado com o passar dos anos. 


Ritual do Chá Chinês

O ritual do chá chinês é chamado de Gong Fu Cha e conta com diferentes características, sempre levando em consideração a região do país onde ela é celebrada. Mas se tem uma marca presente não importa o local é a ligação que a cerimônia tem com a natureza. 


O objetivo da ação é fazer com que o corpo e a mente se encontrem, onde o foco não está na bebida em si, mas em fazer com que a mente se acalme e consiga ficar livre de todas as perturbações que a envolvem. 


 Ritual do Chá das 5 na Inglaterra

Antes mesmo de chegar a Inglaterra, a prática de tomar chá era comum em Portugal. Mas o costume passou a ser inglês a partir do casamento do Rei Carlos II com Catarina de Bragança, uma princesa portuguesa. A partir da chegada da rainha, os ingleses começaram a tomar a bebida. 


Contudo, foi só em 1840 que o chá das 5 foi criado, porque na época o jantar era servido em torno das 20h e Anna Maria Russel, 7ª Duquesa de Bedford, sentia fome e a partir disso, ela começou a pedir um chá às 17h. Desde então, o hábito foi criado e perdura atualmente. 


Fato é que, independentemente do local, o ato de tomar chá é fundamental para quem deseja tirar um momento para relaxar e cuidar de si mesmo, ficando livre de todos os problemas que perturbam a mente. 


Depois de aprender mais sobre a tradição de beber chá ao redor do mundo, por que não iniciar seu próprio ritual de consumo da bebida? Uma dica é aproveitar a estrutura dos hotéis Novotel enquanto tira um tempo para se conectar consigo mesmo, seja em uma viagem de lazer ou negócios. Faça sua reserva agora mesmo e tire um tempo para cuidar de você!




Restaurantes românticos em Curitiba para momentos especiais
Restaurantes em Lima
Restaurantes em Buenos Aires
Conheça cafés e restaurantes em pontos turísticos de Buenos Aires
Bares em Porto Alegre para fugir do Carnaval
Veja 5 dicas de como relaxar a mente e levar uma vida mais leve
Passeios em SP: um dia relaxante no Templo Zu Lai



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook