Morro da Asa Delta em Santos

Baixada Santista: o que fazer no Guarujá e em São Vicente

Veja as dicas de passeios que você não pode deixar de fazer quando estiver em Santos e região

Para quem visita a Baixada Santista e está em busca de sossego, passeios inesquecíveis e contato com a natureza, as cidades da região são pedidas certeiras para garantir dias incríveis de lazer. E se você está em dúvidas ou não tem ideia sobre o que fazer em Santos e em suas vizinhas, Guarujá e São Vicente, nos seus dias de descanso, dá uma olhada nas dicas!
Aventure-se por São Vicente
Não é só de história que vive São Vicente. A primeira vila do Brasil tem muitas opções de lazer para quem gosta de esportes radicais ou de admirar belas paisagens. Para os fãs de altura, o Morro do Voturuá, onde fica o Morro da Asa Delta, é um dos pontos turísticos de São Vicente mais visitados. Para chegar no local que fica a 180 metros de altura é só pegar o teleférico. Com passeio de 11 minutos, o visitante pode observar toda a orla da Praia do Itararé. E já que você está lá por cima, que tal parar um pouquinho para comtemplar a visão de São Vicente, Santos, Guarujá, Praia Grande e Cubatão de um só local? Agora, se a ideia é aventurar-se pela ilha, no alto do Morro da Asa Delta é oferecido vôos de parapente e asa delta.
Guarujá além das praias
Para quem está atrás de passeios interessante, Guarujá tem lugares sensacionais para você visitar! O Museu de Ciências Naturais, Joias da Natureza, localizado no alto do Morro da Campina, possui fósseis, réplicas de dinossauros, rochas, areias de diversas parte do mundo além de um espaço dedicado às ciências naturais, no qual é possível se sentir em um verdadeiro filme de aventura ao interagir com as peças. Já para os apaixonados pelo mar podem aproveitar para conhecer o aquário do Guarujá, o Acqua Mundo está localizado na Praia da Enseada, com cerca de 5 mil animais de 170 espécies, em tanques de águas doce e salgada. E para o deleite dos visitantes, há tanques de contato, no qual arraias, anêmonas e lagostas podem ser tocadas, mas o espaço mais disputado é o tanque no qual é possível alimentar os pinguins. Já os mais destemidos podem agendar um mergulho com tubarões. Incrível, não é? Então não perca essa oportunidade quando estiver por Santos.
Recomendamos

Além dos outlets: o que fazer na Villa Crespo em Buenos Aires



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook